Uma mulher, dois homens: casal conta como o swing mudou suas vidas - Eu Quero Ver Agora

Site de humor,imagens,celebridades,Sexy,curiosidades e muito mais!

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Uma mulher, dois homens: casal conta como o swing mudou suas vidas

O SWING MUDOU A VIDA COMUM DO CASAL (Foto: Christian Conti)

Sarah, 35, e Mauro, 45, são casados há nove anos. Ambos trabalhavam com seguros, se conheceram pela internet e hoje são empresários. Tudo estável e comum, não fossem eles praticantes de swing. Isso mudou suas vidas


Tanto que hoje vivemde promover festas de troca de casais por meio do site www.estiloswing.com.br. E oficializaram a união em uma casa de swing. Após a cerimônia, os seis casais de padrinhos se separaram. Os homens acompanharam Sarah para uma sala. Mauro e as seis madrinhas foram para outra. “Foi uma delícia”, dizem. Eles são adeptos do ménage a troisMauro divide Sarah com outro homem. E adora. A seguir, eles contam a experiência.

A VISÃO DELE 
“Na primeira vez que fomos a uma casa de swing, estranhamos.Mas fomos conhecer outros clubes e acabamos gostando. Demorou mais de quatro meses para fazermos sexo com outras pessoas. Até que, em uma festa, um casal nos disse: ‘Queremos vocês’. Travei. O homem foi beijando e acariciando Sarah. Vê-la com outro homem me deu um ciúme louco, mas fiquei completamente excitado e deixei rolar.Tanto eu quanto ela adoramos e passamos a fazer sexo a três sempre. Me dá muito tesão ver minha mulher desejar outros homens, sentir prazer com eles. Às vezes, ela me revela que quer transar com um cara e eu vou lá dizer ‘minha mulher quer fazer sexo com você’. Na dupla penetração, eu gozo quando a vejo gozar. E quando ela fica com outro – ou outros – e eu não participo, depois ela me conta como foi e eu adoro.”

A VISÃO DELA
“Antes de conhecer o swing, nunca tinha pensado em transar com dois homens ao mesmo tempo. Demorou para que eu entrasse na brincadeira, porque sou ciumenta e tive uma criação tradicional, estudei em colégio de freiras.Transar com dois era um tabu, mas a sensação de ter um orgasmo com a dupla penetração é indescritível, inexplicável e única. Acho que muitas têm essa fantasia, mas têm medo de falar. Um homem dizer que tem vontade de transar com duas mulheres é excitante. Já uma mulher dizer que quer fazer sexo a três com outro homem é feio. Me sinto mais livre do que a maioria das mulheres. Eu posso andar com meu marido na rua e dizer: ‘olha que homem bonito’. Até ele me diz, às vezes: ‘Acho que você iria gostar de transar com aquele cara’. E quando nós chegamos em casa fantasiamos sobre isso.Eu e Mauro somos amigos, amantes, cúmplices.”

Post Bottom Ad

Pages

Histats.com © 2005-2018 - GDPR: tracker policy -Integrate your policy - this website policy - Check/do opt-out